Todos os decoradores de interior dir-lhe-ão que a iluminação é primordial para destacar o volume e a decoração de uma divisão! Aqui, damos-lhe todos os nossos conselhos para aproveitar ao máximo a iluminação da sua casa com o guia abaixo.

1. Porque deve mudar de candeeiros?

Há vários motivos para alterar as suas fontes de iluminação e, portanto, os seus candeeiros também.
 

  • Estética:

Na decoração, é importante privilegiar a coerência. Se decidir mudar o estilo da sua decoração ou se mudar de casa, é aconselhável conciliar os seus elementos decorativos e optar pelo mesmo estilo. Assim sendo, caso opte por uma decoração design, opte também por um candeeiro design, se preferir uma decoração étnica, escolha um candeeiro exótico, se adora o ambiente escandinavo, dê preferência a um candeeiro de inspiração nórdica. A sua decoração será certamente um êxito!
 

  • Modificar a iluminação das suas divisões:

As suas divisões parecem-lhe escuras? Neste caso, poderá ser necessário alterar a sua iluminação. De facto, se as suas divisões lhe parecem demasiado escuras, é praticamente certo que precisa de uma iluminação mais forte. Pelo contrário, se a iluminação é demasiado forte, irá precisar de uma luz mais fraca. Se está perante uma destas situações, há várias soluções que lhe são disponibilizadas, escolher um tipo de iluminação mais forte (ou mais fraca) ou, por exemplo, multiplicar (ou retirar) algumas fontes de iluminação adicionando novos tipos de candeeiros ou acrescentando o mesmo tipo de candeeiro.
 

  • Adaptar as dimensões dos candeeiros ao tamanho das suas divisões:

Mudou de casa e os volumes das suas divisões mudaram? Considere adaptar as dimensões dos seus candeeiros ao tamanho das suas divisões. Se os seus tetos forem baixos, por exemplo, dê preferência a um candeeiro de pé para não diminuir à altura do teto. Se, pelo contrário, as suas divisões são pequenas, privilegie um candeeiro de teto para tentar manter a maior área útil possível no chão.

2. Que tipo de candeeiro escolher consoante as suas necessidades?

Consoante os seus motivos para mudar de candeeiros, os tipos de candeeiros e os estilos de candeeiros diferem. 

2.1 Que tipos de candeeiros há?

A. Candeeiro de mesa

Muito fácil de instalar, o candeeiro de mesa é disponibilizado em todas as formas, materiais e estilos. Estes candeeiros são um verdadeiro objeto decorativo. O candeeiro de mesa pode ser utilizado como um complemento a uma outra fonte de iluminação, para fornecer uma iluminação mais fraca ou para iluminar um espaço mais restrito.

Muito práticos, alguns candeeiros de mesa são ajustáveis para permitir orientar ainda mais iluminação para o local pretendido.

B. Candeeiro de teto e lustre

Os lustres e candeeiros de teto são as fontes de iluminação que ficam penduradas no teto. Estes permitem assim ganhar espaço no chão. Os lustres apresentam várias fontes de iluminação (várias lâmpadas) enquanto os candeeiros de teto, mais sóbrios e mais simples podem apresentar apenas uma.

C. Candeeiro de pé

Muito prático, devido ao facto de ser fácil de deslocar, o candeeiro de pé integra-se em todas as divisões e pode servir facilmente de fonte de iluminação principal. Por vezes, os candeeiros de pé apresentam um controlo para ajustar a iluminação, permitindo-lhe moderar a iluminação para criar ambientes diversificados.

Tire proveito dos nossos candeeiros de pé ajustáveis para orientar melhor a iluminação na sua divisão!

2.2 Que estilo de candeeiro escolher consoante o ambiente que pretende criar?

A. Candeeiro design

As linhas sóbrias e as cores metálicas dos candeeiros design proporcionarão uma atmosfera minimalista às suas divisões.

B. Candeeiro escandinavo

Os candeeiros escandinavos dão um espírito aconchegante à sua decoração de interior. Em variações de cor neutras e pastel, de cinza e de branco, estes associam-se na perfeição com a madeira clara e com toques dourados e de cobre para iluminar a sua casa.

C. Candeeiro industrial

Os candeeiros industriais associam os materiais não trabalhados como o metal e a madeira com o espírito das antigas indústrias de Nova Iorque. Estes candeeiros recuperam o ambiente dos lofts à americana e apresentam candeeiros estilo estúdio de cinema com um estilo muito nova-iorquino.

D. Candeeiro étnico e exótico

Os candeeiros étnicos exóticos estão disponíveis em candeeiros de pé, candeeiros de teto e candeeiros de mesa em madeira exótica que convidá-lo-á a viajar.

E. Candeeiro contemporâneo

Para uma decoração de interior moderna, escolha um candeeiro contemporâneo que iluminará as suas divisões com um novo ar.

2.3 Que candeeiro escolher segundo as divisões da sua casa?

Consoante as divisões onde está a pensar colocar os seus candeeiros, é bom adaptar o tipo de luminosidade.
 

  • Os espaços de descontração:

Nos espaços de descontração, como o quarto ou inclusive a sala de estar, a iluminação não precisa de ser muito forte, sendo inclusive recomendável optar por uma luz fraca neste tipo de divisões para maximizar ao máximo o repouso e a descontração. Para este tipo de divisão, opte pela iluminação difusa proporcionada por um candeeiro de teto com várias lâmpadas, que lhe permitirá iluminar um espaço grande sem que disponha de uma iluminação muito forte. Considere também jogar com as luzes indiretas colocando candeeiros de mesa sobre os seus aparadores ou nas extremidades do sofá. O canto da televisão é um espaço particular. Opte por um candeeiro com abajur que suavizará a luminosidade das imagens e ajudará a descansar os seus olhos.
 

  • As divisões “ativas”:

Nas divisões ativas onde a nossa atividade exige uma iluminação forte para facilitar as atividades do dia-a-dia, prefira as luzes diretas, fortes e orientadas. Deste modo, na cozinha, é recomendável utilizar um candeeiro de teto que orienta a luz diretamente para a atividade a desempenhar. Nas divisões de trabalho como o escritório, onde é importante haver boa iluminação para poder ler, os candeeiros de secretária ajustáveis ou os candeeiros de mesa serão os aliados ideais. Nestas divisões, pode multiplicar a quantidade de fontes de luz. Por exemplo, colocar vários candeeiros de teto sobre o seu plano de trabalho.
 

  • Os espaços de passagem:

Nos halls de entrada ou inclusive nos corredores, é frequentemente útil optar por uma iluminação global que iluminará esse espaço como um todo. Opte, portanto, por um candeeiro de teto equipado com um interruptor colocado perto da porta para facilitar a circulação pelas divisões. Também pode acrescentar, caso disponha de espaço, um candeeiro de pé ou um candeeiro de mesa que dotarão estes locais com uma atmosfera mais calorosa.
 
Aqui tem um pequeno resumo dos tipos de candeeiros a utilizar segundo as divisões da casa:

Tipos de candeeiros/ 
Divisões
Candeeiro de pé Candeeiro de teto Candeeiro de mesa
Sala de estar A B A
Sala de jantar A A C
Cozinha C C A
Quarto B B A
Hall de entrada/corredor B C C
Escritório C B A

A: Ideal
B: Razoavelmente adequado
C: Nada adequado

3. Como manusear e limpar corretamente o seu candeeiro?

Há alguns aspetos a considerar para instalar corretamente os seus candeeiros. Enumeramos alguns destes abaixo.

3.1 Manuseamento

  • Lâmpadas:

Antes de instalar o seu candeeiro, é frequentemente necessário colocar a lâmpada adequada a este. Não se esqueça de verificar as lâmpadas necessárias para o bom funcionamento dos seus candeeiros e lembre-se de que as lâmpadas são classificadas com um índice de A a G, em função da sua eficiência energética, as lâmpadas com o índice A são as mais eficientes.
 

  • Sistema elétrico e ficha elétrica

Em algumas casas, os tetos não têm ligações elétricas. Assim sendo, não é possível instalar candeeiros de teto sendo, portanto, aconselhável optar por um candeeiro com uma ficha elétrica: um candeeiro de pé ou um candeeiro de mesa.
 
Quanto ao restante, uma tomada, um interruptor e será o suficiente para fazer funcionar o seu candeeiro!

3.2 Manutenção

Aqui tem alguns conselhos para cuidar e limpar bem os seus candeeiros:

  • Lustres e candeeiros de teto:

Não é fácil limpar um lustre ou um candeeiro de teto. Se puder, tente desmontá-lo antes de avançar com o processo de limpeza. Caso não seja possível, porque é demasiado complicado tirá-lo do teto, considere atentamente a segurança recorrendo à utilização de uma escada e cortando a alimentação elétrica do candeeiro. De seguida, pode utilizar um pano em microfibra para limpá-lo. Para os pingentes de vidro, um pano embebido em álcool destilado é o suficiente para limpá-los.
 

  • Abajur em tecido:

Os abajures em tecido precisam de mais atenção para evitar a formação de auréolas ou a impregnação do pó nas fibras. Para limpar uma nódoa, pode utilizar sabão neutro aplicando-o diretamente sobre a mancha. Na eventualidade das manchas não saírem com o sabão neutro, um pano humedecido com algumas gotas de amoníaco bastará para removê-las.

  •  Candeeiros em metal:

Para limpar os candeeiros em metal, nunca se esqueça de desligá-los primeiro e utilize um produto de limpar os vidros em vez de água. Pode poli-los utilizando uma gota de óleo alimentar.
 

  • Candeeiros em madeira:

Para um candeeiro em madeira encerada, opte por um pano em microfibra que limpe o pó e lhe dê lustro. Para um candeeiro em madeira não trabalhada ou branca, uma escova dos dentes embebida em água quente e sabão preto serão eficazes. Finalmente, os candeeiros em teca, pinho, nogueira, cerejeira ou carvalho não trabalhado poderão ser limpos com uma escova de lavar com água e lixívia.

Descubra também:

Guia de compra
Guia de compra
Guia de compra
Guia de compra